terça-feira, 18 de novembro de 2008

Qual a importância da avaliação?

Respondem os professores:

"Creio que poucos alunos sabem que TODOS os comentários, sobre TODAS as disciplinas, são lidos integralmente pela Chefia do Departamento de Comunicação. Além, é claro, da análise dos resultados quantitativos (as notas) sobre as diferentes questões apresentadas. O instrumento de pesquisa pode ser aperfeiçoado pelo NAU ? Entendo que sim. Mas o principal é que possibilita ao professor um retorno sobre o desenvolvimento das atividades no semestre e ao Decom o acompanhamento semestral, cumulativo, do desempenho docente, na perspectiva dos alunos. O ideal, assim, é termos 100% de respostas!”
Mário Villas-Bôas da Rocha, chefe do Departamento de Comunicação

"Avaliar é olhar o que foi feito, compreender os erros e acertos e, com isto, seguir em frente num melhor caminho."
Adriana Kowarick, professora do Departamento de Comunicação

"Captar e entender como os alunos recebem e percebem as aulas, as atividades, a estrutura, a Instituição: tudo isso é fundamental para que cada uma das pessoas que compõe a unidade Fabico possa pensar em maneiras de fazer a sua parte para tornar a universidade cada vez melhor. Quanto mais respostas tivermos, mais saberemos, e mais poderá ser feito por todos nós."
Martina Eva Fischer, professora substituta do Departamento de Comunicação

"Acho importante a avaliação discente porque, através dela, podemos repensar condutas e atitudes para melhorar nossa atuação em sala de aula; claro que, infelizmente, muitas vezes, somente aqueles alunos que tiveram algum tipo de problema com o professor são os que se manifestam, não mostrando, claramente, quais são os problemas reais com o professor, fazendo critica pela critica; este tipo de atitude não é construtiva, não leva a nada; mesmo assim, penso que a avaliação discente deve ser estimulada, fazendo com q o aluno seja participativo na melhoria do ensino."
Maria Lucia Dias, professora do Departamento de Ciências da Informação

Participe NAU. Todas as pipocas têm que estourar.

2 comentários:

Ocappuccino disse...

Realmente, a única forma de melhorar é dando a nossa opinião e no caso explicitando nossas insatisfações.

Postei n'Ocappuccino.

Dá uma olhada.

Abraço. Mateus d'Ocappuccino.

Juliana disse...

Colegas, pelas palavras da única profª do DCI ouvida podemos ver que os professores desse Departamento têm um certo problema com avaliações, bem como seus alunos. Sou estudante de Arquivologia e acho que uns 60% dos alunos do curso não fazem avaliação. Porque nada de efetivo viram mudar.Porque sabem da perseguição que alguns professores podem fazer, uma vez que a avaliação não é anônima.

Por que os diretórios acadêmicos não se unem e fazem uma avaliação de verdade, isenta, sem crítica pela crítica, como diz a profª Maria Lúcia, e sem riscos aos que possam, de alguma forma, dizer o que os professores não querem ouvir?
E, por que os dois Departamentos de Ensino não procuram os seus alunos e dizem o que podem fazer com as nossas críticas, falhas e reclamações?